domingo, 6 de junho de 2010

Mãe de Louçã, 79 anos, assessora da Assembleia da República

Mãe de Louçã, 79 anos, assessora da Assembleia da República. Será Possível ?

Como anda este país!!!

Para quê perder tempo a dizer mal do adversário? Mudam as moscas mas a porcaria é a mesma!

Grande Bloco de "Esquerda"........Mãe de Louça, 79 anos, assessora da Ass. república

Mãe de Louça, 79 anos, Assessora da Assembleia da República

"FAZ O QUE EU DIGO, NÃO FAÇAS O QUE EU FAÇO ..."

Está o gajo sempre a falar em boys ! Até para a mãe com 79 anos arranjou um tacho. E que tacho!!!

e) - FRANCISCO ANACLETO LOUÇÃ, de 49 anos de idade, portador do Bilhete de Identidade nº 4711887, emitido pelo Arquivo de Identificação de Lisboa em 6 de Abril de 1998, filho de António Seixas Louçã e de Noémia da Rocha Neves Anacleto Louçã, solteiro, professor universitário, natural de São Sebastião da Pedreira, Lisboa e residente na Avenida Duque de Loulé nº 105, 1º, Lisboa;

Despacho (extracto) n.º 5296/2010
Assembleia da República - Secretário-Geral
Nomeação da licenciada Noémia da Rocha Neves Anacleto Louçã para a categoria de assessora do Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda

Digamos que se trata de uma jovem senhora com 79 anos uma bonita idade para ser nomeada para a AR.

35 comentários:

  1. De Bemaria
    Não sou madrinha nem afilhada do Sr Louçã, filho da Senhora ali identificada, mas não tenho nada contra o facto de a dita senhora com 79 anos fazer voluntariado no partido do filho. Mas sou ferozmente contra quem manipula e usa tendenciosamente a informação. Sem honestidade intelectual não se constrói nada que não se possa deitar abaixo logo a seguir..
    Diário da República, 2.ª série — N.º 58 — 24 de Março de 2010

    PARTE B
    Despacho (extracto) n.º 5296/2010

    Por despacho de 15 de Outubro de 2009 do presidente do Grupo
    Parlamentar do Bloco de Esquerda:
    Licenciada Noémia da Rocha Neves Anacleto Louçã — nomeada,
    nos termos do n.º 6 do artigo 46.º da Lei de Organização e Funcionamento
    dos Serviços da Assembleia da República, republicada pela Lei
    n.º 28/2003, de 30 de Julho, para a categoria de assessora do Grupo
    Parlamentar do Bloco de Esquerda, sem qualquer remuneração.
    1 de Fevereiro de 2010. — A Secretária -Geral, Adelina Sá Carvalho.
    203047263

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. PELO AMOR DE DEUS...HAJA BOM SENSO ! COM 79 ANOS O QUE É QUE ELA VAI ASSESSORAR ???
      Quantas horas por dia vai trabalhar...2 ??'
      E se é assessora...não é volutária...ganha salário...haja vergonha !!
      E logo no bloco...que defende que a idade da reforma dessssçaççççaaa!!! OLHA PARAO QUE EU DOGO NÂO 0LHES PARA O QUE EU FAÇO !!! É UM TACHO...CLARINHO,CLARINHO !

      Eliminar
    2. Qual é a parte do "sem remuneração" que o meu amigo não percebe?

      Eliminar
    3. qual será parte de "sem remuneração " que o povo não percebeu? À já sei... não apetece ler o artigo todo, sempre é preferível mandar bitaites só pq sim.

      Eliminar
    4. Senhor Victor Vieira, devia estudar mais um pouco antes de dizer tantas baboseiras.
      Permitir-lhe-ia compreender melhor os textos, e dar menos erros ortográficos.
      Pense nisso antes de voltar a fazer criticas infundadas.

      Eliminar
    5. Senhor Victor Vieira, devia estudar mais um pouco antes de dizer tantas baboseiras.
      Permitir-lhe-ia compreender melhor os textos, e dar menos erros ortográficos.
      Pense nisso antes de voltar a fazer criticas infundadas.

      Eliminar
    6. Sem remuneração não invalida as ajudas de custo, utilização do restaurante da Assembleia, onde os preços são quase simbólicos, etc, etc etc...

      Eliminar
    7. se um cidadao normal aos 30 anos ja nao consegue ter emprego e nao ha por sedrt uma idade de pre-reforma, porke acontece isto????
      eu estive anos fora de portugal tive de regressar e para tger um emprego foi muitos anos!
      agora com 70sssss vai logo para a AR??????????????????
      QUE TACHO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      Eliminar
  2. faço ideia do que a Snrª estará lá a fazer. Já deve andar de fraldas (com todo o respeito pela idade da Snrª) é de loucos !!!!!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou de direita mas ainda assim, não posso ver isto escrito assim desta forma. Espero que a ("senhora" Catarina) nunca necessite de fraldas.

      Eliminar
    2. Bem o Eng Belmiro de Azevedo tem 75 anos, e parece-me que continua com capacidade de gestão. Para quem se reforma aos 50 ou 60 talvez ache que continuar a contribuir seja um disparate. Sou de uma família que trabalhamos até morrer, assim sucedeu com o meu avô, assim sucede com o meu pai e espero que também aconteça comigo.

      Eliminar
    3. A Catarina esta a fazer uma avaliação tendenciosa,só é pena não haver mais NOÉMIAS,fique sabendo que a sabedoria está nos aciãos,e não nos chicos espertos que deambulam por este País





      Eliminar
    4. Não é de admirar estes comentários.
      Nem toda gente tem capacidade de chegar aos 79 anos de idade e ser útil à sociedade.
      Estes comentários são,com toda a certeza, de gente ainda nova que já está a pensar na reforma.
      Em suma, de uns inúteis!

      Eliminar
    5. Bem...eu tenho uma opinião corrosiva. Acredito tanto no custo 0€ da função como acreditariam os doentes de esquerdice se a dita senhora fosse do PSD ou do CDS. Tenho dito!

      Eliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. Qual é o interesse deste artigo, pois se a SENHORA EM CAUSA NÃO RECEBE QUALQUER REMUNERAÇÃO?! Francamente...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E será que não fica com o famoso vinculo à função publicaque lhe permitirá daqui a algum pouco tempo ser agraciada com as pricipescas beneses dos já mais do que muito ex-quaquer merda do governo?????????????

      Eliminar
  5. Estando a senhora no grupo parlamentar do Bloco, voluntariamente, alguém tem alguma coisa com o assunto? 79 anos? E depois? Qual é o problema? Já repararam na idade do Papa, um dos homens mais poderosos do planeta? Se a inveja pagasse imposto, o nosso problema com a dívida pública ficava resolvido num instante.

    ResponderEliminar
  6. Se a senhora não aufere remuneração nada a dizer a não ser que velhos são os trapos. Trabalhar por amor à causa pública gratuitamente era o que todos dentro do possível deviam de fazer.

    ResponderEliminar
  7. Mas está tudo parvo ou a comer merda. O problema é estar nomeada para uma função remunerada na assembleia da república, com fraldas ou sem elas....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. qual é a parte de "sem remuneração" que não percebeu?

      Eliminar
  8. Porque é que as pessoas acreditam em tudo o que está na Net sem questionar?? Será que os Portugueses estão a ficar estúpidos e com palas nos olhos que seguem qualquer coisa sem pensar?
    Este é o texto original, que pode ser consultado no DR
    ############
    Despacho (extracto) n.º 5296/2010
    Por despacho de 15 de Outubro de 2009 do presidente do Grupo
    Parlamentar do Bloco de Esquerda:
    Licenciada Noémia da Rocha Neves Anacleto Louçã — nomeada,
    nos termos do n.º 6 do artigo 46.º da Lei de Organização e Funciona-
    mento dos Serviços da Assembleia da República, republicada pela Lei
    n.º 28/2003, de 30 de Julho, para a categoria de assessora do Grupo
    Parlamentar do Bloco de Esquerda, sem qualquer remuneração.
    1 de Fevereiro de 2010. — A Secretária -Geral,
    Adelina Sá Carvalho
    ################


    A parte chave é "sem qualquer remuneração" ....Ou seja de borla!!! Gratuito!! Sem receber cheta!!!
    Quem dera que todos os assessores fossem assim....

    Carlos Baptista

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem você acredita nisso quanto mais querer que alguém acredite! Nem que não seja tem de receber para deslocações e refeições! Deixem-se de tretas que, realmemte ninguém tem palas nos olhos e despesas são despesas! Voluntariado...

      Eliminar
    2. Está completamente enganado. As posições não remuneradas na Assembleia da Republica para apoio tanto aos grupos parlamentares como aos serviços da própria Assembleia são NÃO remuneradas e NÃO pagam nenhumas despesas.
      Se neste caso ou noutro em que seja de apoio a um grupo parlamentar e esse grupo quiser pagar as despesas, a assembleia não tem nada a ver com isso. Não sai do orçamento da assembleia.
      Existem tantas coisas que estão mal na assembleia e sua gestão, que é pena que só se pegue no que não tem sentido....

      Eliminar
  9. Sabia que na Grecia da antiguidade seria governa pelos velhos anciões,seria estes que ditavam as leis e governavam a Grecia de então.Sabiam?

    ResponderEliminar
  10. Lá diz o ditado " Se o novo soubesse e o velho pudesse, nada havia que se não fizesse". Provavelmente a Srª pode não ser capaz de fazer algumas coisas, mas deve ter conhecimentos que poderão ser úteis a quem possa. Quem acha que uma pessoa com 79/80 anos não consegue ser produtiva é porque não teve pais ou avôs a trabalharem até depois dessa idade...

    ResponderEliminar
  11. Assembleia da Republica para apoio tanto aos grupos parlamentares como aos serviços da própria Assembleia são NÃO remuneradas e NÃO pagam nenhumas despesas.
    Se neste caso ou noutro em que seja de apoio a um grupo parlamentar e esse grupo quiser pagar as despesas, a assembleia não tem nada a ver com isso. Não sai do orçamento da assembleia.
    Existem tantas coisas que estão mal na assembleia e sua gestão, que é pena que só se pegue no que não tem sentido....

    ResponderEliminar
  12. Aquele MÃE sempre temos tratar o melhor maneira quem dé a vida e criou com tudo carinho.É MUITO CUIDADO como e que fala sobre de Mãe!

    ResponderEliminar
  13. Esta gente de direita ressabiada, frustrada ainda não recuperou do trauma ou da indigestão que a gerigonça lhes causou. Andam por aí como baratas doidas a cheirar tudo o que de mais mesquinho possa haver, nem que para isso omitam desavergonhadamente a moral e o conservadorismo com que se regem, e assumam oportunisticamente um papel menos convencional, levantando todo o tipo de questões por mais despropositadas, descontextualizadas e absurdas que sejam. Gostaria de tecer um comentário relacionado com a política do anterior governo relativamente aos cuidados e saúde dos mais idosos. A seguir ao 25 de Abril eram os comunistas que os matavam com uma injecção atrás da orelha, recordam-se certamente os fantasmas que a direita criou. Pois que fizeram Coelho, Portas e Cavaco ? Fecharam hospitais, retiraram-lhes serviços especializados. Obrigaram os doentes e idosos mesmo os de tratamento hemodialico a pagarem os transportes e grande parte dos medicamentos. A isto chama-se o quê ?
    Referindo-me agora especificamente ao caso que tanto molestou algumas pessoas, devo, para alem do que já aqui li, e a correcta informação prestada, dizer o seguinte:
    A minha mãe tem 82 anos. Trabalha comigo (porque assim quer e felizmente porque a saúde o permite) e bastante ajuda me dá. Sente-se bem. Sente-se util. Tenho um cliente diário, que se levanta às 6,00h da manhã e até ao meio dia não larga a enchada. Tem 81 anos. Nenhum deles está sentado a uma secretária a ler ou a teclar num computador.Entendo que o Estado deve criar todas as condições necessárias para que os idosos que tanto já deram de si e para a comunidade, possam usufruir com qualidade de vida do devido descanso. Mas que fazer ? Não se pode medir tudo pela mesma bitola. As pessoas têm o direito a serem felizes. A felicidade de cada um não tem regras nem medidas. Aquela mãe quer estar solidária com o filho. Trata-se duma senhora com todas as sua capacidades mentais em vigor. Não está a lesar o Estado com qualquer tipo de subsidio. Qual é o problema ?
    Preocupem-se mais em arrumar as vossas casas !
    João Penedos

    ResponderEliminar